Autocontrole: 7 dicas simples para você não se estressar no trabalho

Tempo de leitura: 6 minutos

Pratique as 7 dicas para manter o autocontrole em situações estressantes ou repetitivas, mesmo quando tudo parece que vai dar errado.

banner - ebook - turbinar sua carreira

Você já se estressou com alguma atitude ou falta de desempenho de alguém do seu time?

Já agiu de uma forma que se arrependeu depois?

O autocontrole é, sem dúvidas, uma das competências mais escassas nas pessoas.

Durante um estudo realizado em 54 países, em que os entrevistados foram convidados a listar suas forças de caráter, o autocontrole foi a menos citada.

O autocontrole é a capacidade de controlar nossos sentimentos, emoções e reações.

Um exemplo público de falta de autocontrole é o caso de Tim Armstrong, diretor executivo da AOL, que teve que se desculpar por demitir um funcionário publicamente.

“Foi uma resposta emocional”, disse Armstrong em sua desculpa.

E quanto mais os cientistas pesquisam essa competência, mais descobrem a importância dela como uma força que nos permite viver uma vida bem sucedida e satisfatória.

Mas o autocontrole é um recurso limitado, e que vai se esgotando com o uso.

Ou seja, quando exercemos o controle em uma situação, ficamos menos propensos a manter a calma na próxima vez em que tivermos que manter o autocontrole.

Assim, da mesma forma que cada ato de força de vontade esgota a nossa força de vontade, o uso de autocontrole pode levar à perda de autocontrole.

Felizmente, podemos trabalhar para mitigar o esgotamento da força de vontade e melhorar a nossa capacidade de exercer o autocontrole.

E é justamente sobre isso que falaremos agora, nessas sete dicas.

 

1. Enxergue o quadro geral

exergue o quadro geral - autocontrole

O pensamento global ou de alto nível promove o autocontrole.

Ou seja, as pessoas estão mais propensas a exercitar o autocontrole quando conseguem enxergar a floresta, ao invés das árvores.

Quando estão cientes do quadro geral, e não atoladas em tarefas específicas.

Por exemplo, ao trabalhar em um projeto de longo prazo, é fácil ficar frustrado com as centenas de pequenos passos necessários para chegar lá.

Em vez disso, lembrar periodicamente (a si mesmo e aos outros na equipe) do objetivo final, ajuda a promover o autocontrole e evitar o desânimo.

Leia também nosso artigo sobre os 5 motivos que fazem você não cumprir suas metas.

2. Durma bem

durma bem - autocontrole


Um estudo da Universidade de Washington indica que a privação do sono drena glicose no córtex pré-frontal, reduzindo o combustível necessário para o autocontrole.

O sono é restaurador.

E inclusive, durante o estudo, foi identificado que a privação do sono favorece comportamentos não éticos, como trapaças e falsificação de recibos.

Pois aqueles que dormiam seis horas ou menos eram mais propensos a se envolver em comportamentos de trabalho desviantes do que aqueles que dormiam mais de seis horas.

Os executivos e os gerentes devem ter em mente que quando eles empurram os funcionários para jornadas exaustivas ficam mais propensos ao comportamento antiético.

3. Relaxe

relaxe - autocontrole


Na visão popular do autocontrole, nós devemos tentar controlar impulsos, combater tentações e exercer ativamente a força de vontade.

No entanto, nada pode estar mais longe da verdade.

Um outro estudo da Universidade de Illinois descobriu que as pessoas preparadas com palavras que sugerem ação, como “começar” ou “continuar”, estavam mais propensas a tomarem decisões impulsivas, que prejudicavam seus objetivos no longo prazo.

Por outro lado, aqueles preparados para “descansar” ou “parar” achavam mais fácil evitar as decisões impulsivas.

Ou seja, focar-se sempre no “avançar” pode resultar em um comportamento mais arriscado e a decisões impulsivas.

4. Faça exercícios em curtos períodos

faca exercicios - autocontrole


Curtos períodos de exercícios (moderadamente intensos) ajudam você a aumentar o seu autocontrole.

Pesquisas divulgadas na Science Daily mostraram que pequenas crises de exercício resultam em um aumento do fluxo sanguíneo e oxigênio para o córtex pré-frontal, o que pode explicar o aumento da capacidade de autocontrole.

Isso porque o córtex pré-frontal é o responsável pelo autocontrole.

Por isso, não importa o quão ocupado você é, planeje incluir uma pequena explosão de exercícios na rotina diária.

5. Conheça a si mesmo

conheca a si mesmo - autocontrole


O autocontrole emocional, ou o controle de impulso, são fundamentos da inteligência emocional.

Conheça-se para que você possa gerenciar suas emoções e impulsos.

Por exemplo, você tem o hábito de reagir apressadamente a problemas?

Depois de começar, você acha difícil parar de falar?

Você é capaz de se manter positivo e confiante em circunstâncias estressantes?

Você se mantém paciente em situações irritantes?

Como você pode imaginar, essa capacidade é a marca de um líder experiente.

Portanto, invista em conhecer a si mesmo se quiser desenvolver o autocontrole.

Leia nosso artigo sobre a importância do autoconhecimento.

6. Evite a fadiga das decisões

evite a fadiga - autocontrole

O autocontrole tem implicações importantes na qualidade das nossas decisões.

Por isso, evite tomar decisões após um dia inteiro de trabalho.

E é justamente por isso que algumas pessoas preferem, sabiamente, não tomar decisões imediatas.

Para isso, coloque alguns aspectos da sua vida no piloto automático, para que você não precise tomar muitas decisões desnecessárias.

Steve Jobs, por exemplo, sempre vestia calça jeans e camisetas pretas.

E Obama, que usa termos apenas azuis e cinzas, disse a Vanity Fair: “Estou tentando reduzir as decisões, eu não quero ter que decidir sobre o que estou comendo ou vestindo, porque tenho muitas outras decisões a tomar…”

Por isso, você precisa concentrar sua energia no que importa, ao invés de passar o dia distraído com atividades triviais.

7. Abasteça suas reservas de glicose

abasteca suas reservas de glicose - autocontrole


A glicose é a química que transporta energia para o cérebro, pela corrente sanguínea, músculos e outros órgãos e sistemas.

De forma simples, a glicose é o combustível para o cérebro.

Os atos de autocontrole reduzem os níveis de glicose no sangue.

E baixos níveis de glicose prevêem um mau desempenho em tarefas e testes de autocontrole.

E assim, a força de vontade pode ser restaurada aumentando o nível de açúcar no sangue.

Por isso, periodicamente reabasteça a glicose, mesmo que seja com um copo de suco, para fortalecer sua capacidade de manter o autocontrole.

banner ebook turbinar carreira

Leia também nosso artigo sobre 15 dicas fáceis para fugir da síndrome de burnout.

 

Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *